Por mais que eu tente desviar a mente, meus pensamentos sempre viajam de volta pro teu nome, pros teus olhos, pra cada palavra que ouvi de você enquanto estava comigo. Incrível o modo como cada segundo do seu lado tenha ficado gravado em mim. E como poderia ser diferente? Afinal, foram os melhores meses da minha vida. Não tenho certeza sobre como definir meus sentimentos hoje. A maior parte é de saudade -claro- do que não volta mais. Um pouco certamente é remorso de não ter feito alguma coisa diferente que te fizesse mudar de opinião quanto a nós dois. Pois se eu soubesse que aquela noite seria a minha ultima oportunidade de te convencer teria sido mais sincera e menos fria. Mas um pedacinho de mim, bem lá no fundo, ainda tem esperanças de que você mude de ideia e perceba que na verdade seu lugar é no meu abraço. Meu lado racional sabe que isso nunca vai acontecer. Mas minha paixão louca, doentia -e aparentemente platônica- quer que eu acredite na possibilidade de te ter de novo, te beijar outra vez e te chamar de ‘meu’ pro resto da vida.

Galeria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: